Que atire o primeiro bifinho quem tem um animalzinho de estimação e nunca ficou com aquele aperto no coração de deixá-lo em casa sozinho. Afinal, esses bichinhos são vistos cada vez mais como membros da família e companheiros para todas as horas, inclusive nos momentos de lazer.

Mas nem sempre é fácil encontrar lugares que permitem a presença dos pets ou contam com uma estrutura adequada para recebê-los. Felizmente, a cultura pet friendly já é comum em alguns países e essa tendência vem ganhando cada vez mais força por aqui – já é possível ver os bichinhos em shoppings, restaurantes, bares e cafeterias.

Se você tem uma cafeteria e está pensando em aderir a essa tendência confira como adaptar o seu negócio para receber animais de estimação.

O que é ser uma cafeteria pet friendly?

Significa que a sua cafeteria é “amiga dos animais”, ou seja, os bichinhos de estimação dos seu clientes são bem-vindos ao seu espaço, que conta com uma estrutura especial para recebê-los.

Legislação

De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), locais que recebem os pets correm o risco de receber uma infração sanitária, que pode ser advertência, multa ou até mesmo a interdição do local. Por isso, é imprescindível consultar um advogado e conhecer a legislação vigente em seu estado para evitar complicações.

Além disso, a entrada de animais é autorizada somente em estabelecimentos que oferecem áreas externas e sinalizadas aos clientes, como varandas ou deques.

Cuidados e ações

Para cada tipo de negócio existe um público diferente, por isso de nada adianta sua cafeteria ser pet friendly se isso não estiver alinhado com o perfil dos seus clientes.

Aceitar animais de estimação pode trazer novas pessoas para a sua cafeteria, mas, você não vai querer prejudicar o relacionamento com os seus clientes fiéis, não é?

Antes de se tornar pet friendly faça uma pesquisa com seu público e entenda se esse serviço é interessante para eles ou se eles tem algum problema com o fato da cafeteria aceitar os bichinhos.

Além disso, ao implementar essa tendência é importante tomar alguns cuidados e ações, como:

    • Permitir a presença dos pets apenas em áreas externas e sinalizadas;
    • Evitar colocá-los junto a clientes que não gostam ou são alérgicos;
    • Construir ambientes especiais para aqueles que vão acompanhados dos seu animal de estimação para evitar conflitos;
    • Dispor de um kit de higiene com lenços absorventes e saquinhos nos espaços pet friendly para evitar doenças e sujeiras no local;
    • Oferecer petiscos e água aos bichinhos, assegurando seu bem-estar;
    • Ter na equipe colaboradores que gostem de animais e preparados para lidarem com suas necessidades;
    • Para manter a segurança do local e dos clientes, deixar claras as regras do espaço, como o uso de focinheira, por exemplo.

Use esse diferencial para se destacar

Sua cafeteria vai aderir a tendência pet friendly? Inclua essa informação em suas ações de marketing e nos canais em que seu café está cadastrado – site, Google, TripAdvisor, Facebook, Instagram. Dessa forma, os clientes encontrarão esse diferencial com mais facilidade.

Quer tomar um café e levar seu animalzinho junto? Conheça as cafeterias pet friendly de Curitiba.